Nasceu na Austrália, filha de pais portugueses. Da família, ligada ao meio das ourivesarias, recebeu as influências cruciais para a definição de um futuro ligado à joalharia.

Adriana Ribeiro recebeu-nos no Atelier no coração de Lisboa, um dos locais onde produz as colecções de jóias da marca homónima. É um cenário de contrastes, entre a complexidade de arestas das pedras semi-preciosas, os reflexos argênteos das matérias-primas e a dureza visual das máquinas com que trabalha. Um caos mecânico que, estranhamente, emoldura na perfeição a figura delicada de Adriana, que se move com fluidez manejando a imensa variedade de ferramentas de trabalho. Está no seu meio, sem sombra de dúvida!