Picnic de Inverno

Lifestyle

Picnic de Inverno

por19 Dez 2016 lmanifesto

Contrariando a azáfama desta quadra, com jantares, festas, compras e centros comerciais, desafiámos Sara Cabido, autora do blog "Little tiny Pieces of Me" a pensar num formato diferente de convívio: um picnic de Inverno. 

Época dos detalhes por excelência, são eles que nos permitem, ano após ano, reviver aquela doce e nostálgica magia do Natal. Mais do que presentes ou surpresas é o tempo, a partilha, as memórias que mais valorizamos e que tornam esta quadra tão especial. 

Na companhia da Sara e, envolvidos pela tranquilidade que a Natureza proporciona, colocámos os pés na terra.

 

Nos Montes Claros estendemos a toalha e com Lisboa, como pano de fundo, conversámos.

 

Texto: Margarida Marinho

Fotografia: Soraia do Carmo

 

 

 

“Confesso que nunca me tinha arriscado num picnic tão composto assim, durante o inverno. Faço sempre um small gathering com os amigos nos meus anos, em Agosto, e a festa é feita com pompa e circunstância, com tudo aquilo a que temos direito. Com este desafio percebi rapidamente que este tipo de formato resulta super bem durante os dias mais frios. Aliás, eu adoro aqueles dias de inverno, super frios mas cheios de sol!”

O que não pode faltar ...

Em vez dos petiscos leves frescos que levaria para um picnic de verão — como as saladas frias, frutas e granizados — acho que o inverno pede uma boa tábua de queijos, pão variado,  bolachinhas,  frutos secos, compotas e chocolates [...] trocar o refresco de verão por um chá ou um bom copo de vinho, reunir os amigos, recolher umas mantas quentinhas e ficarmos assim, a desfrutar de um dia lindo de inverno.

 Natal é sinónimo de...

...uma mesa linda, repleta de coisas boas e rodeada das pessoas importantes. É no Natal que revemos a família que está fora. E é no Natal que nos sentamos todos cá em casa. Comentamos o ano que passou e antecipamos o que aí vem. Agradecemos, no fundo, por estarmos todos aqui novamente. Não há nada mais bonito do que ser-se grato. E todos os anos é no Natal que conseguimos acalmar a rotina agitada do resto do ano. Acendemos umas velas aromáticas, fazemos cacau quente e ficamos a conversar pelo serão fora, gratos.

Algum ritual característico?

Somos uma família de rituais. Quem me conhece sabe disso — e brinca com isso! É muito difícil para mim desfazer-me das tradições de sempre ou até mesmo das de agora (por exemplo, este é o terceiro ano que vou fazer a passagem de ano ao Porto com o Miguel e já não me imagino em mais lado nenhum; tenho a certeza que vamos ser velhinhos e vamos estar a celebrar mais um ano na Invicta). As tradições natalícias passam muito pelos rituais em família: ir apanhar o musgo e montar o presépio; decorar a casa e fazer as árvores de Natal; preparar a consoada (que é sempre feita cá em casa); escrever a carta ao "Pai Natal"; tudo isto fazem deste Natal o "nosso" Natal.

Consideras-te uma apaixonada pelos detalhes, o que reservam? 

De facto, quando me assumo uma apaixonada por detalhes é uma afirmação transversal em todos os aspetos da minha vida. Os pormenores estão presentes em tudo e dificilmente me escapam à vista (e ao coração). Sou aquela pessoa que repara num detalhe que mais ninguém reparou e eu creio que isso se reflecte um pouco nas minhas fotografias e publicações no blog. Nesta época gosto especialmente de me dedicar aos postais e embrulhos; sou eu que faço todos os postais para oferecer, aos amigos e família (ser designer gráfica ajuda, mas faço-o desde que consigo pegar num lápis — até tenho alguns desenhos feitos por mim com dois anos a desejar bom Natal!) e mesmo o miminho mais "insignificante" (um elástico para o cabelo, por exemplo!) vai sempre embrulhado com todo o amor e carinho — são estes os detalhes que me fascinam!

Também consideras esta quadra como um momento de pausa, de reflexão? Olhas para este ano e vês o quê?

Eu sou uma dessas pessoas; fico sempre mais consciente nesta altura do ano. Olho para 2016 e sinto que, se piscar os olhos, ele desaparece. Acho que este ano passou a voar. Tinha-me proposto algumas metas e desafios e sinto que consegui enfrenta-los quase todos. Foi um ano de mudanças, um pouco inesperadas, mas foi também um ano de muitas aprendizagens e conquistas..

O melhor presente deste ano?

Foi ter as melhores pessoas da minha vida, à minha volta, na celebração dos meus 25! Foi inesquecível!!

 

Algo a realizar no próximo ano?

Arrancar com o meu projecto pessoal e ir a Nova Iorque — que é uma vontade antiga e surge como uma lufada de ar fresco e motivação para o arranque do próximo ano!

 

 

Onde Encontrar…

Centro El Corte Inglés Gaia|Porto:

SUPERMERCADO: Piso SC

CLUB DEL GOURMET: Piso SC

MÉNAGE DE COZINHA E MESA: Piso 5 

TÊXTIL LAR: Piso 5

 

Centro El Corte Inglés Lisboa:

SUPERMERCADO: Piso SC

CLUB DEL GOURMET: Piso SC

MÉNAGE DE COZINHA E MESA: Piso 5 

TÊXTIL LAR: Piso 6

© 2017 L Manifesto

Este é o nosso Manifesto!

Um livre-trânsito para os behind-the-scene, os closets, as casas e espaços intimistas afastados dos olhares e do escrutínio do público.

ou

Ao submeter o meu email aceito receber notícias e informações sobre L’ Manifesto concordando com a Política de Privacidade.

Fechar